A paella em Washington (e a sangria)

Em Washington, Eduardo Bolsonaro foi traçar uma paella em um restaurante. A conta do jantar para sete pessoas, segundo a Folha, foi de 1 mil dólares.

Bebeu-se sangria.

By the way, a sangria da Lava Jato está sendo estancada também por quem publica os traques de Verdevaldo.

VINGANÇA EM FAMÍLIA E NOVAS REVELAÇÕES PARA A LAVA JATO. Leia aqui
você pode gostar também