Policial Militar reage a tiroteio, acerta criminoso, é preso e expulso da polícia

Policial Militar reage a tiroteio, acerta criminoso, é preso e expulso da polícia

Segundo a PM, por volta das 23h30 deste domingo, policiais militares de Suzano foram acionados para atender uma ocorrência de disparo de armas de foto com pessoas atingidas, próximo a estação

Leia tudo

Um policial militar foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira(28) disparo de arma de fogo, em Suzano. Ele trabalhava em Itaquaquecetuba e, segundo o comando do 35º Batalhão, o PM tinha 12 anos de carreira. 

Segundo a PM, por volta das 23h30 deste domingo, policiais militares de Suzano foram acionados para atender uma ocorrência de disparo de armas de foto com pessoas atingidas, próximo a estação.

Na avenida doutor Adhemar Pereira de Barros, no Parque Maria Helena, os policiais prenderam o policial militar Washington Martins dos Santos, 36 anos. Segundo a PM, ele defendia dois pedestres que estavam sendo assaltados. Os criminosos estavam em uma moto e o PM estava armado com uma pistola.

O policial teria efetuado os disparos que atingiram os bandidos, uma delas na perna, sem gravidade. O outro foi atingido por dois disparos e socorrido ao Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba.

Washington também foi socorrido e está internado, tendo sido autuado em flagrante. Segundo o comando 35º Batalhão, será instaurado um Conselho de Disciplina que desencadeará na expulsão do suspeito dos quadros da Polícia Militar.

A ocorrência será registrada no 2º DP de Suzano.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que "após audiência de custódia nesta terça-feira (30), o PM foi encaminhado ao presídio Romão Gomes.

A Polícia Militar acrescenta que será instaurado IPM (Inquérito Policial Militar) para apuração dos fatos. A Corregedoria da PM acompanha o caso. "