STF caça Bolsonaro e adianta processo de parlamentar para abril

<h2>Réu em duas ações penais por injúria e apologia ao crime de estupro, o deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro&nbsp;foi intimado nesta segunda-feira a prestar depoimento no processo a que responde no Supremo Tribunal Federal (STF). </h2><br>A decisão foi do ministro Luiz Fux, relator do caso.Fux agendou para o dia 4 de abril o interrogatório de Bolsonaro. A oitiva será realizada na sala de audiências do STF e comandada pelo juiz Bruno Jacoby de Lamare.Na decisão, <b>Fux ressalta que mais